Acessibilidade (0)
A A A
Youtube - OERN Facebook - OERN Linkedin - OERN
Logo OE
OERN servicos@oern.pt

Eu estou inscrito na Ordem por... Vítor Esteves

19 de fevereiro de 2021 | Geral

 

Vítor Esteves é engenheiro na Sarreliber. Licenciado em Engenharia Mecânica, pela FEUP, está inscrito na Ordem e aceitou o nosso desafio das 5 perguntas.

 

 

Sucintamente conte-nos o seu percurso académico e profissional?

Nasci em Ponte da Barca e licenciei-me em  Engenharia Mecânica pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto em 2010. Entre 2011 e 2013 trabalhei em Braga, na Bysteel, empresa do grupo dst dedicada ao projeto e fabrico de construções metálicas onde tinha sob a minha responsabilidade o centro de corte e furação de perfis metálicos. Em meados do ano 2013 surgiu a oportunidade de entrar na indústria automóvel através da Sarreliber, subsidiária do grupo francês Sarrel, que tem como área de negócio a injeção e cromagem de peças plásticas de elevado rigor estético para a indústria automóvel. A empresa é tier 2 na hierarquia da indústria automóvel e segue 6 referenciais normativos. Nela iniciei com a função de chefe de turno e neste momento sou engenheiro de processo tendo um conjunto de máquinas e moldes sob minha responsabilidade. Simultaneamente estou envolvido no processo de digitalização do meu setor de forma a termos um maior controlo sobre o nosso processo/produção e consequentemente uma redução de custos e aumento da produtividade.

 

"Decidi inscrever-me na OE para ver finalmente atribuído o título pelo qual estudei na universidade e contribuir de alguma forma para a não vulgarização da nossa profissão."

 

Porque decidiu inscrever-se na Ordem dos Engenheiros?

Desde o final do curso em 2010 que sempre tive como objetivo pessoal inscrever-me na OE, no entanto com a entrada no mercado de trabalho essa tarefa foi-se adiando até ao final do ano de 2020, altura em que finalmente surgiu a oportunidade de fazer a inscrição. A razão de ver finalmente atribuído o título pelo qual estudei na universidade e contribuir de alguma forma para a não vulgarização da nossa profissão.

 

"A Ordem prima por ser uma associação moderna

e virada para o futuro o que me apraz muito."

 

Qual a mensagem que reteve durante o Curso de Ética e Deontologia Profissional?

A mensagem que mais retive durante o Curso de Ética e Deontologia Profissional foi o facto de a nossa Ordem ser uma Associação Profissional de carácter inclusivo e intergeracional promovendo aos mais novos aprender com os mais experientes. A par disso, a Ordem prima por ser uma associação moderna e virada para o futuro o que me apraz muito.

 

"Abstraiam-se dos populismos e inscrevam-se de forma a tornar a nossa Ordem cada vez mais forte de modo a proteger e dignificar a nossa profissão."

 

O que espera da Ordem dos Engenheiros durante o seu percurso profissional?

Espero que com esta inscrição possa ter, sempre que necessário, apoio e aconselhamento profissional de forma a que tome sempre as decisões mais corretas ao longo do meu percurso profissional. Vejo também a oferta formativa da OERN como uma oportunidade para poder adquirir novos conhecimentos.

 

Um conselho a todos os que estão indecisos em inscrever-se na Ordem?

Não hesitem, abstraiam-se dos populismos e inscrevam-se de forma a tornar a nossa Ordem cada vez mais forte de modo a proteger e dignificar a nossa profissão.

 

 

Engenheiro não é nome próprio. É profissão. Inscreva-se na Ordem AQUI

2021 © Copyright, Ordem dos Engenheiros Região Norte