Acessibilidade (0)
A A A
Youtube - OERN Facebook - OERN Linkedin - OERN
Logo OE
OERN servicos@oern.pt

Estou inscrito na Ordem por Rui Matias

01 de setembro de 2020 | Geral

Rui Matias, 1º Secretário do Conselho Fiscal do Núcleo de Estudantes de Engenharia Química da FEUP, estudante do Mestrado Integrado em Engenharia Química na FEUP, aceitou o nosso desafio das 4 perguntas.

 

 

Nunca é cedo para se inscrever-se na Ordem?

A Ordem foi-me apresentada no meu 1º ano e na altura cheguei a pensar por muito tempo se valeria a pena inscrever-me tão cedo.... Pouco sabia do que era Engenharia, não faria grande sentido. Não podia estar mais errado. Estar na Ordem só me fez perceber melhor o que é Engenharia e tudo o que ela abrange, principalmente fora da esfera da Engenharia que estudo.

 

 

Por que razão se inscreveu?

A primeira vez que ouvi falar da Ordem foi em 2019, por um amigo, já nessa altura, fiquei recetivo à ideia de me inscrever. No entanto, na altura fui adiando e adiando e acabou por cair no esquecimento. Sensivelmente um ano depois fui obrigado a ficar em casa devido à COVID-19 e, como muita gente, senti que o meu dia ganhou horas e descobri tempo livre que não sabia existir. Com isso, comecei a procurar formas de tirar algo positivo desta situação. Foi quando descobri as formações e-learning da OERN. Assim, acabei por me inscrever na Ordem e aproveitar as várias formações disponíveis na altura, desde Python a Economia e Finanças para engenheiros. Foi ótimo para crescer enquanto estudante e para tirar algo positivo de uma situação negativa.

 

 

Que conselho daria aos estudantes de Engenharia que ainda não se inscreveram?

Um dos conselhos que sempre me deram desde o primeiro dia na faculdade, foi para não me limitar ao que se aprende nas aulas. Claro que é o mais importante, mas todos os que acabam o curso têm essas competências. Se queremos ser realmente bons no que fazemos, é importante aproveitar a universidade para crescer enquanto estudante e pessoa. A Ordem foi um meio de crescer imenso enquanto estudante. Ajuda-nos a perceber melhor as possibilidades da nossa futura profissão, contactando com pessoas com muito mais experiência do que nós, de forma muito descontraída e permite-nos ganhar conhecimentos nos mais variados ramos, dando uma maior flexibilidade ao nosso futuro.

 

 

Quais as expectativas sobre o papel da Ordem?

Espero que a Ordem continue a fazer o excelente trabalho que me motivou a inscrever-me. Continuar o ótimo trabalho de formação, tanto de estudantes como de engenheiros formados, permitindo uma constante evolução dos profissionais da área. Acho que esta constante aprendizagem, formando cada vez melhores profissionais ao longo da vida, é a melhor forma de desenvolver e valorizar a profissão.

 

 

Engenheiro não é nome próprio. É profissão. Inscreve-te na Ordem AQUI

 

 

2020 © Copyright, Ordem dos Engenheiros Região Norte