Acessibilidade (0)
A A A
Youtube - OERN Facebook - OERN Linkedin - OERN
Logo OE
OERN servicos@oern.pt

PLATENG - Jornadas de Formação e Divulgação

14 de julho de 2010 | Geral

 

No dia 9 de Julho de 2010 ocorreu em Chaves a primeira Acção de Formação e Divulgação do Plateng, com enfoque na Agronomia e suas áreas abrangentes.

A acção de Formação foi aberta pelo Engenheiro Luís Pizarro, que efectuou uma pequena apresentação da cidade de Chaves, focando a importância da Agronomia nos meios rurais. O Engenheiro Victor Correia seguiu-se, fazendo uma pequena introdução ao Plateng, e salientando a importância do programa como forma de impulsionar a cooperação transfronteiriça como forma de promover a mobilidade entre Engenheiros. Salientou também a importância de ser defendido o exercício da Engenharia, acima do interesse dos Engenheiros.

 

Posteriormente foi aberto o Painel I, onde Javier Cancela, Alejandra Pinilla e Hipólito Ponce de Leão expuseram o ponto de situação do Plateng, explicando brevemente o que já foi feito ao longo do programa e o muito que há ainda a fazer de ambos os lados da fronteira.

O Engenheiro Carlos Duarte seguiu-se, salientando que a agricultura e o mundo rural não devem ser desvalorizados nem considerados encargos para o país, uma vez que são fundamentais na globalização da economia.

Sucedeu-se o Engenheiro Carlos Rego no Painel II, onde Gonzalo Medina-Bocos expôs uma visão histórica acerca da agricultura/agronomia na Península Ibérica, assim como as suas perspectivas futuras. Seguiu-se o Professor José Teixeira efectuando uma ponte entre a Engenharia Agronómica e os Bioprocessos, explicando que a compreensão dos processos tornou-os “engenheiráveis”, permitindo valorizar ainda mais as matérias primas e os processos de produção já existentes, assim como o desenvolvimento de novas substâncias e processos.

Durante a tarde foi a vez de, no Painel III, José Maria Martinez Vela se pronunciar acerca da normativa Europeia e suas repercussões nas competências profissionais do Engenheiro Agrónomo. De seguida o Professor Emídio Gomes evidenciou a importância do empreendorismo como solução do futuro, assim como a necessidade da dinamização de actividades empresariais e o benefício da criação de mais emprego. Na continuação do Painel, o Professor Divanildo Monteiro referiu a importância do Erasmus na evolução do perfil de qualquer Engenheiro, já que a busca de novos conhecimentos e a interculturalidade são sem dúvida factores de sucesso nos dias de hoje.

 

 

Finalmente o Professor António Mexia referiu-se à modificação sentida no ISA, que parece estar a ser ultrapassado pela dinâmica de outras Universidades, “o ISA como Escola para o funcionário público ao invés do incentivo do empreendorismo”. Mostrou-se ainda muito apreensivo com os resultados do 12º ano, que denotam a descida das notas às disciplinas essenciais para um curso superior na Área das Ciências e o Eng. António Ferreira apresentou a história da determinação dos actos de Engenharia Agronómica.

Encerrou os trabalhos o Eng. Victor Correia que elogiou os presentes e o valor das comunicações apresentadas que trouxeram ainda um maior desafio à prossecução dos trabalhos do Plateng. 

 

2020 © Copyright, Ordem dos Engenheiros Região Norte