Acessibilidade (0)
A A A
Youtube - OERN Facebook - OERN Linkedin - OERN
Logo OE
OERN servicos@oern.pt

Eu estou inscrito na Ordem por... Tiago Rodrigues

03 de fevereiro de 2021 | Geral

 

Tiago Rodrigues é engenheiro na Bosch Car Multimedia, Braga. Mestre em Engenharia Eletrotécnica e de Computadores pela FEUP, está inscrito na Ordem e aceitou o nosso desafio das 5 perguntas.

 

 

Sucintamente conte-nos o seu percurso académico e profissional?

Desde cedo tive curiosidade em tentar compreender o modo de funcionamento de máquinas elétricas, gostava de desmontar para perceber de que forma as peças estavam interligadas, e foi essa necessidade que me colocou a dúvida entre realizar o curso de Engenharia Mecânica ou Eletrotécnica. A única certeza que tinha era que queria ingressar na FEUP. Após ingressar em eletrotécnica rapidamente percebi que o caminho passava por realizar uma especialização em manutenção industrial, e foi no fim da minha licenciatura que iniciei o meu primeiro estágio profissional na Bosch Car Multimedia. No decorrer desse estágio realizei a minha tese de mestrado em Instalações Industriais, que me mostrou a diversidade existente no curso. Querendo saber mais sobre instalações elétricas, realizei mais um estágio profissional na DG Elétricas onde fui orçamentista e onde tive oportunidade de acompanhar algumas obras. Durante o estágio surgiu novamente a oportunidade de voltar para a Bosch, onde estou desde então. Atualmente pertenço à equipa de manutenção preditiva e preventiva das máquinas do polo de inserção automática, estando ainda responsável pela parte elétrica do departamento e na equipa de certificação da ISO 50001.

 

"O mundo empresarial é muito fechado, existe muita concorrência e a OE além de continuar a permitir uma maior proximidade junto das universidades, permite através de formações o contacto com colegas da mesma área"

 

Porque decidiu inscrever-se na Ordem dos Engenheiros?

O principal motivo foi a possibilidade de continuar o meu processo de aprendizagem através da troca de experiências com pessoas que têm a mesma base de formação que eu. O mundo empresarial é muito fechado, existe muita concorrência e a OE além de continuar a permitir uma maior proximidade junto das universidades, permite através de formações o contacto com colegas da mesma área. Além disso a OERN tem um vasto leque de formações a preços bastante competitivos, onde podemos melhorar os nossos softskills ou então adquirir novas capacidades dentro da nossa área de formação.

 

"Um engenheiro é um agente solucionador de problemas

e não um criador dos mesmos."

 

Qual a mensagem que mais reteve durante o Curso de Ética e Deontologia Profissional?

Sobretudo, salvaguardar sempre o nosso trabalho. Devemos ainda conhecer as nossas limitações enquanto engenheiros e enquanto pessoas. Um engenheiro é um agente solucionador de problemas e não um criador dos mesmos. Devemos sempre que possível procurar a frontalidade na resolução de conflitos que ponham em causa os princípios de segurança do meio ambiente e das pessoas.

 

"Espero através da OE ter a possibilidade de aceder aos mais variadíssimos programas de aprendizagem."

 

O que espera da Ordem dos Engenheiros durante o seu percurso profissional?

Espero através da OE ter a possibilidade de aceder aos mais variadíssimos programas de aprendizagem, não só através das formações, mas através de tertúlias, visitas de estudo, congressos entre outros. Espero também encontrar na OE a resposta a possíveis dúvidas que certamente terei ao longo do meu percurso, e o acompanhamento necessário para me tornar melhor engenheiro.

 

 

Um conselho a todos os que estão indecisos em inscrever-se na Ordem.

A OE  é o ponto de encontro com pessoas que diariamente tal como tu procuram saber mais e que tem um ritmo de aprendizagem igual ao teu. A universidade foi apenas a rampa de lançamento para o mundo profissional, o processo de aprendizagem é contínuo e infindável. A competitividade existente no mercado obriga-te a seres sempre melhor, a procurar alternativas, a inovar a seres diferente, e, na OE podes ter a ajuda e o acompanhamento que precisas.

 

 

Engenheiro não é nome próprio. É profissão. Inscreva-se na Ordem AQUI

2021 © Copyright, Ordem dos Engenheiros Região Norte